Skip to main content

Trabalhar como Freelancer

É sabido por todos, que o mundo do trabalho não está famoso. As empresas não estão hoje em dia dispostas a contratar empregados como antigamente. Existe uma dificuldade acrescida para ambas as partes empregador/empregado. Mas só fica parado quem quiser! Se não existem empresas com vagas, então vamos criar a nossa própria oportunidade de negócio! A isto chama-se ser empreendedor. O empreendedorismo de que vos vou falar hoje está relacionado com o Freelancing. O Ser Freelancer.

O que é ser Freelancer?

Ser freelancer é, de uma forma muito simples de explicar, ser um trabalhador independente. Tanto pode ser em regime full-time, part-time ou até mesmo esporadicamente para ganhar uns ‘trocos’. A ideia aqui é mesmo é a de ser independente a todos os níveis. Vejamos algumas características de um Freelancer:

  • Um freelancer trabalha apenas na área do seu interesse pessoal;
  • Não possuí patrão a não ser ele mesmo;
  • Trabalha nos dias que quer e às horas que bem entender;
  • Pratica os seus próprios preços;
  • Faz a gestão pessoal da sua carteira de clientes e tenta encontrar novos projectos sozinho;
  • Etc…

Em forma de resumo, são basicamente estes os aspectos de um verdadeiro freelancer. É ele próprio que faz toda a gestão da sua carreira profissional e é ele que têm a liberdade de escolha naquilo que faz e quer fazer. É certo que por vezes nem sempre é assim na prática, mas o fundamental a retirar de tudo isto é: Devemos trabalhar naquilo que gostamos e onde nos sentimos confortáveis!

A minha experiência pessoal

Pode nem interessar muito aos que por aqui vão passando, mas vou contar a minha experiência como freelancer. É dela que poderão também perceber melhor como funciona isto do trabalhar como freelancer! Quando me iniciei neste mundo, sabia pouco ou quase nada sobre ele. Basicamente tinha só conhecimento de todos os pontos que mencionei acima. Nada mais. No entanto decidi investir neste ramo e hoje posso dizer que foi uma boa investida.

É certo que nunca levei isto muito a nível profissional, até porque ainda sou estudante e o tempo é escasso. Mas nada perdi até agora por me ter aventurado neste mundo do freelancing. Aliás, ganhei muito! Ganhei desde já alguns contactos que poderão ser úteis num futuro próximo. E isso tenho a certeza que não vou perder!

Freelancer - Trabalhar em Casa

Quando comecei, tinha a dúvida sobre a área em que ia investir. Tinha 18 anos na altura, e como já disse o interesse não era tornar-me um profissional. Pensei nos meus gostos e capacidades e foi então que decidi começar na área das traduções. Sempre tive um gosto pelas línguas estrangeiras, e ter estudado fora do país durante vários anos facilitou-me na escolha. Alemão, seria então a língua que, caso tudo corresse bem, me ia dar algum dinheiro extra. E foi isso que aconteceu! Fiz algumas pesquisas na Web, entrei em contacto com algumas empresas e pessoas em nome individual e completei os meus primeiros trabalhos no ramo.

Fui me inscrevendo em plataformas para freelancer’s, e os trabalhos foram surgindo. Hoje posso dizer que já não procuro trabalhos! Orgulho-me de serem as empresas a vir ter comigo, na maioria das vezes, a perguntar se quero trabalhar para elas em projectos. Para terem uma noção, são mais as propostas que tenho de recusar que aquelas que aceito.

Conclusão

E pronto. Basicamente é assim o trabalhar como freelancer. Tanto podemos fazê-lo na Internet como fora dela, é certo. O que interessa mesmo é trabalhar naquilo que gostamos. Só assim se consegue rentabilizar o nosso trabalho ao máximo. A carteira agradece o dinheiro extra no fim do mês!

Se tiverem curiosidade sobre o assunto, recomendo vivamente a seguir a Escola Freelancer do meu grande amigo Luciano Larossa. Para além de escrever excelentes artigos sobre a área, é também excelente a nível profissional e pessoal. Sempre disposto a ajudar no que consegue. Recomendo!

Tomé M.

Chamo-me Tomé Mendes e fui o criador deste Site. Estudo Eng. Civil em Coimbra, e trabalho como Freelancer na área das traduções. Estou desde 2007 muito ligado à Internet onde desempenho papel de Webmaster.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *